Digital

Com o advento da Internet nossas vidas mudaram. Novas possibilidades de relacionamento e desenvolvimento surgem periodicamente com a finalidade de facilitar nosso dia-a-dia. Entretanto, a reboque vieram novos conflitos que levaram ao Judiciário enfrentar situações antes desconhecidas.

 

Nesse cenário surgiu o Direito Digital que, apesar de ser matéria recente no Direito, se encontra cada vez mais presente nas demandas levadas à juízo, bem como é assunto de frequente preocupação no âmbito empresarial e das pessoas naturais, como por exemplo no tocante à reputação desses nas mídias sociais (Facebook, Instagram, Google, Reclame Aqui, etc), haja vista que tais redes sociais fizeram com que se travasse uma “guerra digital” entre concorrentes e pessoas que por ventura viraram desafetos.

 

Assim, o CAIAFFA, MARTINS & DI GIORGIO ADVOGADOS ASSOCIADOS possui uma divisão específica de Direito Digital, que sistematicamente utiliza das outras Áreas de Direito (cível, criminal, trabalhista, tributário e administrativo) do escritório. Além disso, possuímos parcerias com empresas do ramo de mídias sociais, segurança digital e da medicina do qual realizamos “Blindagem Digital”, com remoção de conteúdo, monitoramento online, reparação de danos, representação em demandas criminais, questões trabalhistas em Tecnologia da Informação, Propaganda e Marketing Digital, Concorrência Desleal, Direito do Esquecimento,  Educação Digital, Mapeamento de reputação e ofensas online, Ameaças virtuais e stalking, assessoria para Startups e etc.

 

A tendência é que o “Mundo Digital” seja cada vez mais presente no “Mundo Real”, ou seja, as implicações jurídicas que já existem no segundo serão cada vez mais utilizados no primeiro e esse não mais será mais de fato “terra de ninguém” como muitas pessoas ainda acham que o é.

 

Portanto, as pessoas naturais e as empresas terão que se adaptar rapidamente à essas implicações jurídicas na Internet, seja na educação dos filhos, na segurança de sua conexão residencial ou empresarial e em qualquer dado que transmitam por meio da Rede Mundial de Computadores.